sexta-feira, 20 de março de 2015

A Vitalidade dos Alimentos




Sabemos que devemos nos alimentar bem para manter nosso sistema imunológico forte, nos protegendo de doenças e mantendo nossa disposição para viver. 
Em nossas escolhas diárias geralmente decidimos o que comer de acordo com nossas emoções, nosso estado de espírito. Alguns comem pensando em calorias, outros em sabor, outros em satisfazer a fome, mas muito poucos param para avaliar a vitalidade do alimento.  
Você já ouviu falar na classificação dos alimentos segundo sua vitalidade? Veja abaixo:
Segundo a Nutricionista Isabella Schnell, alguns autores afirmam que a forma como o alimento absorve os photons de luz solar vai gerar/organizar energias elétricas que alimentarão nossas reações químicas e nossas cargas elétricas, e é isso que nos alimenta.
Quer dizer que dentre o que está aí para nos alimentar podemos prorizar aquilo que potencializa a saúde e não rouba os minerais e vitaminas que estão estocados em nosso corpo.
Essa forma de se alimentar é conhecida como Alimentação Viva, que significa a valorização da vitalidade dos alimentos, aproveitando seu maior ponto de energia vital. Esse fenômeno ocorre através da germinação de sementes, uma prática adotada há milhares de anos. 
Edmond Székely, um dos autores do tema Alimentação Viva, teve acesso aos escritos do Mar Morto. Traduziu o Evangelho Essênio da Paz escrito originalmente em aramaico pelo apóstolo João. Neste livro podemos conhecer a poesia que revela as orientações de Jesus sobre o processo de germinação das sementes e da preparação do pão dos essênios. Propôs viver como os essênios considerando que a "Energia Vital" está presente em tudo que nos cerca e criou o movimento dos novos essênios da paz.
Mas por que germinar? Tudo está baseado nas enzimas, segundo a norte-americana Dra. Ann Wigmore, precursora do tema Alimentação Viva nos anos 80. "As sementes quando germinadas produzem grandes quantidades de enzimas digestivas que facilitam o processo digestivo de todos os alimentos, além de potencializarem a energia vital em seu interior".   
Enzima é um nome genérico de um catalisador de proteína produzido no interior das células dos organismos vivos. Elas participam de todas as ações necessárias para a conservação da vida, como síntese e decomposição, transporte, excreção, desintoxicação e suprimento de energia.  
Fomos apresentados pela Nutricionista Isabella Schnell à uma iniciativa que tem mudado a vida de muitas pessoas.
No Rio de Janeiro, na Fundação Fiocruz, uma médica criou um suco como forma de prover os nutrientes essenciais à pessoas carentes, ou seja, àqueles que geralmente consomem refinados e industrializados, pois é o que está a seu alcance financeiramente falando.
A Dra. Maria Luiza Branco conduz na Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação o TERRAPIA. Além de cursos e práticas sobre germinação de sementes o conhecimento sobre a alimentação viva foi aplicado como estímulo a mudanças de hábitos de vida da população em geral. 
Essa iniciativa é totalmente viável para que você prepare em casa: O Suco de Clorofila.  
A Clorofila é mais importante em nossa nutrição, que você pode imaginar: "Foi em 1911 que os cientistas descobriram que a estrutura molecular da clorofila é semelhante à hemoglobina, possuindo praticamente as mesmas capacidades que a hemoglobina, isto é, pode aumentar o oxigênio nos organismos, o que caracteriza sua ação desintoxicante. Além disto contribui para a absorção de ferro, um dos melhores recursos para o tratamento da anemia por falta de ferro." 
O Suco de Clorofila não é mais uma moda, nem tampouco faz parte de uma dieta milagrosa. É um alimento BIOGÊNICO, que contribuirá com uma parcela significativa de nutrientes diários para seu corpo, gerando vida.
Para que tenha ideia, a simples germinação de sementes pode aumentar em 100 vezes as enzimas em comparação à vegetais e frutas crus e em até 1000 vezes suas vitaminas e antioxidantes, dependendo da semente germinada. 
Assista ao vídeo da simples preparação do Suco de Clorofila, pela Nutricionista Isabella Schnell.
clique aqui  

É importante que você sempre utilize vegetais orgânicos para a preparação do Suco de Clorofila e quaisquer refeições, evitando o consumo de alimentos com agrotóxicos. Atualmente é possível encontrar orgânicos em supermercados e uma série feiras livres e mercados.




E sabendo da vitalidade dos alimentos (BIOGÊNICOS - Geram a Vida; BIOATIVOS - Ativam a Vida; BIOESTÁTICOS - Mantém a vida; BIOCÍDICOS - Consomem a vida), esteja aberto a adotar hábitos mais saudáveis, preferindo os alimentos que levarão mais nutrientes para seu corpo. 
Ótimo final de semana!

Alimento e Você 
@alimentoevoce
facebook.com/alimentoevoce 

Fontes: 
- Curso Alimentação Viva - Dra. Isabella Schnell - Nutricionista e Personal Diet - Livy Natural 
- Projeto Terrapia
- Agrolink - Magnésio & Ferro / Clorofila & Hemoglobina, Relações e Semelhanças, Química bioinorgânica – parte XVIII (C). Helcias Bernardo de Pádua - C.F.Bio:00683.01/D
- Imagens Pixabay



Nenhum comentário:

Postar um comentário